⅓ da população mundial está menos propensa a viajar para o Brasil

Publicado em

Pesquisa Global Ipsos identificou o impacto de recentes episódios, como desastres naturais, mudanças políticas e ataques terroristas, nos planos de viagens de cidadãos de 25 países para 30 destinos sugeridos. O resultado não é animador para o Brasil: 33% dos entrevistados afirmaram que perderam o interesse em viajar para o Brasil. Apenas um entre cada 10 entrevistados se mostrou firme no desejo.

Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos
Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos

os brasileiros não demostram um grande interesse em sair do país. Questionados se pretendem ou não realizar viagens internacionais, 61% disseram que se tornaram menos propícios contra 12% que demonstraram interesse.

No caso específico dos Estados Unidos, 54% dos entrevistados brasileiros declararam que tem baixo interesse em visitar a terra do presidente Donald Trump. O número é muito próximo com o de dois outros países latino-americanos: os entrevistados de México e Argentina com 51% (o mesmo percentual para ambos) também não desejam ir aos Estados Unidos.

54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos
54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos

Apesar deste resultado, os Estados Unidos são um dos destinos preferidos da população mundial no momento ao lado de países como Itália, Canadá, Austrália e Reino Unido. Indianos (48%) e chineses (36%) são os que mais demonstram interesse em visitar os Estados Unidos. Novamente os indianos (37%) e os chineses (34%) são os mais favoráveis a visitarem o Canadá.

A pesquisa ocorreu em 25 países: África do Sul, Alemanha, Arabia Saudita, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos França, Grã-Bretanha, Hungria, Índia, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Rússia, Servia, Suécia e Turquia. Foram entrevistadas 18,05 mil pessoas, sendo adultos de 18 a 64 anos nos Estados Unidos e no Canadá e de 16 e 64 anos nos demais países. A margem de erro é de 3,1%.

Nordeste ainda é queridinho dos turistas brasileiros

Publicado em

Mesmo com o país atravessando um período desafiador, é grande o interesse dos brasileiros viajar nos próximos meses, e segundo uma pesquisa do Ministério do Turismo (MTur), a maior parte desses turistas escolheu um destino nacional. O índice atingiu 73,3%, o maior registrado para o mês nos últimos cinco anos. Para o levantamento, o MTur ouviu duas mil pessoas em sete capitais brasileiras que representam 70% do fluxo turístico do país.

O Sudeste cresceu na preferência dos entrevistados pelo segundo ano consecutivo: estima-se que 29,5% dos brasileiros tenham escolhido um destino da região mais populosa do país para os próximos seis meses. Em comparação com o mês de julho de 2014, houve um crescimento de 35,3%. Mas é o Nordeste que ainda aparece como a região preferida pelos brasileiros para o turismo nacional (43,5%).

O boletim também revelou uma elevação considerável de intenção de viagem por destinos brasileiros entre os jovens com menos de 35 anos: a maioria (73,3%) tem preferência por destinos turísticos nacionais. Em comparação com o igual período de 2014, houve alta de 38,5%.

Turismo tech: uso de smartphones em viagens

Publicado em

Uma pesquisa do TripAdvisor – feita com 44 mil turistas e representantes do setor hoteleiro – divulgada neste mês de julho mostra que o smartphone é uma ferramenta cada vez mais usada pelos viajantes em todo o mundo, e revela que 59% dos brasileiros são classificados como “viajantes conectados” – aqueles turistas que usam o aparelho para planejar ou reservar a viagem. O Brasil está atrás apenas da China e da Tailândia, ambos com 65%. Ainda segundo o levantamento, 45% dos viajantes conectados costumam usar o smartphone para reservar atrações, 72%, para procurar restaurantes enquanto estão de férias e 34% esperam que as acomodações ofereçam check-in via dispositivos móveis.

O estudo também mostra que 61% dos público que pretende visitar o Brasil nos próximos 12 meses pertence aos “viajantes conectados”; que 45% da categoria gostaria de usar aplicativos para fazer reservas enquanto estão viajando e 34% gostariam de fazer o check-in via dispositivo móvel, mas apenas 16% dos hoteleiros no mundo oferecem essa ferramenta.

Se planejando para a baixa temporada? Veja opções

Publicado em

Com a baixa temporada iniciando em agosto, o turista brasileiro já pode encontrar pacotes e hospedagens mais baratos. Os destinos são os mais variados por todo o Brasil. Por isso é bom se antecipar, para conseguir bons descontos.

Paraty, no Rio de Janeiro, é opção para quem busca belas praias. Já para quem curte aventuras e um destino mais exótico, a dica é o pantanal mato-grossense.

Veja algumas opções de hospedagem nos destinos:

Paraty (RJ)
O pacote para casal de duas noites e três dias tem preço inicial de R$ 990, dependendo do bangalô escolhido. As diárias incluem café da manhã e 10% de desconto em tratamentos corporais e late check-out. Como opções de lazer, há passeios de barco e pesca, cachoeiras, ilhas e praias, trilhas pela Mata Atlântica, mergulhos, engenhos de pinga, cavalos, esportes de aventura, bicicletas, etc.

Divulgação

Informações: (24) 3371-2791 / (11) 3129-4114
Reservas: clique aqui

Poconé (MT)
A pousada se encontra em um terreno com sete mil hectares. A diária para duas pessoas fica a partir de R$ 540, e inclui café da manhã, almoço e jantar , além de um passeio de barco ou passeio a cavalo (por diária) e caminhada pelas trilhas ecológicas.

Divulgação

Informações: (65) 3345 1338 / (65) 3345 2317
Reservas: clique aqui