⅓ da população mundial está menos propensa a viajar para o Brasil

Publicado em

Pesquisa Global Ipsos identificou o impacto de recentes episódios, como desastres naturais, mudanças políticas e ataques terroristas, nos planos de viagens de cidadãos de 25 países para 30 destinos sugeridos. O resultado não é animador para o Brasil: 33% dos entrevistados afirmaram que perderam o interesse em viajar para o Brasil. Apenas um entre cada 10 entrevistados se mostrou firme no desejo.

Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos
Brasileiros não demostram grande interesse em sair do país, segundo pesquisa Ipsos

os brasileiros não demostram um grande interesse em sair do país. Questionados se pretendem ou não realizar viagens internacionais, 61% disseram que se tornaram menos propícios contra 12% que demonstraram interesse.

No caso específico dos Estados Unidos, 54% dos entrevistados brasileiros declararam que tem baixo interesse em visitar a terra do presidente Donald Trump. O número é muito próximo com o de dois outros países latino-americanos: os entrevistados de México e Argentina com 51% (o mesmo percentual para ambos) também não desejam ir aos Estados Unidos.

54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos
54% dos brasileiros declararam ter baixo interesse em viajar aos Estados Unidos

Apesar deste resultado, os Estados Unidos são um dos destinos preferidos da população mundial no momento ao lado de países como Itália, Canadá, Austrália e Reino Unido. Indianos (48%) e chineses (36%) são os que mais demonstram interesse em visitar os Estados Unidos. Novamente os indianos (37%) e os chineses (34%) são os mais favoráveis a visitarem o Canadá.

A pesquisa ocorreu em 25 países: África do Sul, Alemanha, Arabia Saudita, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos França, Grã-Bretanha, Hungria, Índia, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Rússia, Servia, Suécia e Turquia. Foram entrevistadas 18,05 mil pessoas, sendo adultos de 18 a 64 anos nos Estados Unidos e no Canadá e de 16 e 64 anos nos demais países. A margem de erro é de 3,1%.

Como se planejar para curtir os feriados prolongados longe de casa?

Publicado em

Se em 2016 a maioria das datas comemorativas caiu no fim de semana, em 2017 temos algo bem diferente. Afinal, são nove feriados com chances de ‘emendar’. Entre eles, Dia do Trabalho, Corpus Christi, Independência do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, Finados e Proclamação da República – veja o calendário completo. No entanto, para quem ama viajar, é preciso se programar para aproveitar ao máximo os feriados prolongados.

Sinal de recuperação? Cresce número de brasileiros dispostos a viajar

Publicado em

O resultado da Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, realizada pelo Ministério do Turismo (MTur) e Fundação Getulio Vargas (FGV) em sete capitais brasileiras, mostra uma tendência satisfatória para o setor de turismo no país: pelo segundo mês consecutivo, cresceu o número de brasileiros dispostos a viajar.

A pesquisa – que ouviu duas mil famílias em Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo – mostra que 21,1% dos brasileiros pretendem viajar nos próximos seis meses. O resultado supera, também, os números registrados em igual período de 2016, quando 18,7% dos brasileiros afirmavam ter intenção de viajar.

O público que mais demonstrou maior disposição de viajar encontra-se na faixa de renda entre R$ 4,8 mil e R$ 9,6 mil; seguido por aqueles que têm renda de até R$ 2,1 mil por mês.

Preferências dos brasileiros dispostos a viajar

Do total de entrevistados, 23,3% desejam visitar algum destino no exterior, comportamento influenciado pela cotação do dólar em relação ao real; mas 75,8% dos turistas ainda preferem viajar pelo Brasil, e o Nordeste se mantém em primeiro lugar na preferência deles.

Até agosto de 2017, segundo mostra a pesquisa, são os turistas do Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo que mais devem visitar praias e belezas naturais dos Estados nordestinos. E grande parte desses turistas devem optar por hotéis e pousadas, segundo o que informaram durante as entrevistas.

57% dos entrevistados durante a sondagem do MTur/FGV afirmaram que pretendem usar o avião como meio de transporte; enquanto 29,5% indicaram que vão viajar de carro.

Guia, parceiro do viajante

Publicado em

Praias, serras, cachoeiras, cidades históricas, natureza exuberante e grandes centros culturais estão entre a gama de destinos turísticos brasileiros que podem encantar os turistas; e dentro dessa grande diversidade, um personagem pode dar um tempero especial à experiência do viajante: o guia turístico.

É ele quem traz para a experiência do turista as histórias, os personagens e as curiosidades que o visitante não encontra nos livros e nem poderia descobrir sozinho.

O guia é um dos mais importantes elos da cadeia produtiva do turismo. Cabe a ele enriquecer a experiência da viagem turística, atuando como anfitrião indispensável ao sucesso das relações que o turista-viajante mantém tanto com as pessoas quanto com o local visitado. Ele auxilia na comunicação, na transmissão de informações e conhecimentos, na criação de um ambiente propício ao sucesso da visita ao destino turístico e, fundamentalmente, na provisão de segurança ao viajante
Tamara Galvão, coordenadora-geral de Cadastramento e Fiscalização no Turismo, do Ministério do Turismo

Para isso, é necessário que o guia de turismo ofereça informações qualificadas sobre aspectos históricos, geográficos, culturais, além das curiosidades das vivências do lugar, por meio das rotas de visitação mais seguras e mais ágeis para os turistas.

O guia de turismo é o único profissional do setor regulamentado por lei, e o turista deve exigir que ele apresente a credencial do Ministério do Turismo. A consulta pode ser feita no Cadastur.

Destino: Lençóis Maranhenses

Publicado em

É um verdadeiro paraíso; um capricho da natureza esculpido pelos fortes ventos característicos do litoral do Estado brasileiro do Maranhão: os Lençóis Maranhenses são um dos principais destinos turísticos da região, que integra a Rota das Emoções – roteiro que inclui, além do Maranhão, destinos dos Estados do Piauí e Ceará –, e são uma boa pedida para as férias do meio de ano.

O parque nacional de preservação ambiental, criado na Década de 80, possui uma área total de 156,5 mil hectares, com paisagens únicas. Do total, 90 mil hectares desse ‘deserto gigante’ são de puras dunas, moldadas pela ação dos ventos; e lagoas, formadas pela água das chuvas do primeiro semestre no Maranhão.

Um dos principais e mais estruturados acessos aos Lençóis Maranhenses é a cidade de Barreirinhas, a 250 km de distância da capital maranhense, São Luís. Para chegar a Barreirinhas, é necessário seguir pela BR-135 até ao município de Bacabeira, a 58 km da capital, e continuar a viagem pela MA-402. Esse roteiro é oferecido por agências de viagem, com pacotes de passeio ‘bate-e-volta’, ou seja, que dura apenas um dia; ou por no mínimo três dias, incluindo hospedagem e passeios. O transporte intermunicipal também é uma alternativa para quem prefere fazer o passeio sem intermédio de agências: do Terminal Rodoviário de São Luís saem, diariamente, ônibus até Barreirinhas.

Rio Preguiças é caracterizado por suas águas escuras
Rio Preguiças é caracterizado por suas águas escuras

Para hospedagem, há opções de apart hotéis, hotéis, pousadas e hostels. Muitos deles estão às margens do rio Preguiças, e depois de um dia inteiro de caminhadas e diversão, tudo que o turista vai querer é um gostoso banho de rio mesmo.

Passeio de lancha é um dos atrativos
Passeio de lancha é um dos atrativos

Para acessar os Lençóis Maranhenses, não há taxa de ingresso; e para chegar ao parque, só com veículo 4×4. São as conhecidas ‘jardineiras’, caminhonetes adaptadas para levar passageiros na carroceria. Após uma rápida travessia de balsa, o caminho é por uma trilha de 12 km numa paisagem de vargem, feito em aproximadamente 25 minutos.

Dentro do parque, o acesso é feito apenas por meio de caminhadas auxiliadas por guias de turismo, e os veículos não entram.

Acesso aos Lençóis Maranhenses é feito com veículos 4x4
Acesso aos Lençóis Maranhenses é feito com veículos 4×4

Ao todo, 15 agências de turismo oferecem pacotes de visita aos Lençóis Maranhenses. Ao comparar os valores desses pacotes, o visitante, no entanto, deve evitar aquelas que oferecem os preços abaixo do mercado, porque geralmente utilizam carros mais antigos ou sem manutenção, o que pode estragar o passeio.

Para consultar empresas e profissionais habilitados para operar na área de turismo, os visitantes devem, também, acessar o Cadastur.

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

De maio a setembro, os turistas podem contemplar dunas e banhar nas lagoas formadas pelas chuvas do período e elevação dos lençóis freáticos. Na estação de seca do Maranhão – no segundo semestre –, elas ficam muito baixas, o que prejudica o banho. Por isso, antes de viajar, o turista precisa planejar bem o roteiro e com certa antecedência, inclusive para conseguir bons descontos – seja em alta ou baixa temporada.

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

E para quem visita Barreirinhas, uma parada obrigatória é o Farol de Preguiças ou Farol de Mandacaru, estrutura localizada no povoado de Mandacaru. Para chegar ao local, o melhor acesso é pelo rio Preguiças, por meio de lanchas conhecidas como ‘voadeiras’. Após subir os 160 degraus, o visitante tem uma incrível vista da foz do rio Preguiças.

Vista do Farol de Mandacaru, em Barreirinhas
Vista do Farol de Mandacaru, em Barreirinhas

Com as ‘voadeiras’ também se chega ao povoado Vassouras, no local conhecido como Ilha dos Macacos, onde é possível observar e interagir com vários os pequenos macaco-prego; além da comunidade de Tapuio, onde se localiza a Casa de Farinha, compartilhada por cerca de 200 famílias e onde o visitante conhece e vive a experiência de todas as etapas de produção da famosa farinha-d’água.

Pôr do sol em Barreirinhas, no Maranhão
Pôr do sol em Barreirinhas, no Maranhão

Na Beira-Rio e Praça da Matriz, Centro de Barreirinhas, pode-se encontrar restaurantes que oferecem pratos típicos do Maranhão. Entre as opções, estão pratos inspirados na Rota das Emoções, como arroz de cuxá com mariscos, abacaxi recheado com camarão, pirão, farofa de cuscuz e carne de sol ao molho de queijo coalho.

Festival reúne amantes da cerveja

Publicado em

Conhecidos pela paixão por uma ‘loirinha’, os brasileiros têm um motivo a mais para viajar até a capital do Paraná na segunda quinzena deste mês de abril de 2016. É que Curitiba sedia o Have a Beer, primeiro festival de cervejas da cidade entre os dias 15 de abril e 1º de maio. Vão ser 17 dias de evento, em que bares e cervejarias vão oferecer mais de 40 combos por um valor fixo: R$ 19,90.

Os curitibanos poderão aproveitar de forma descontraída e agradável o que está em alta na cidade: a cerveja, seja ela artesanal ou convencional. Os bares e cervejarias participantes trarão destaques de suas cartas de cervejas harmonizados com preparos saborososAna Carolina Nolli, organizadora do festival

Entre os destaques da primeira edição, está a BlackBerry Porter acompanhada por chapada venezuelana (panqueca de milho recheada com queijo derretido e doce de leite), na Tiwanaku Cervejaria; o chope Red Ale ou Large acompanhado por espetinho de picanha com queijo coalho e bolinhos de mandioca e parmesão, no Sam’s Burger & Chicken; o chope Way Witbier ou Chope Way American IPA acompanhados por uma porção de Buffalo Wings supertemperados, na Cervejaria da Vila; o chope Way American Pale Ale acompanhado por bolinho de barreado, na Cervejaria Masmorra; o chope Pilsen Artesanal Saint Bier acompanhado por dadinhos de tapioca e queijo coalho com geleia de pimenta e abacaxi, no Limoeiro Casa de Comidas; e o chope de Trigo Hop Weiss acompanhado por provolone Crocante com calda de maracujá e lúpulo Amarillo, da Muzik Hamburgueria.

Casa oferece chope acompanhado por bolinho de barreado (Foto: Divulgação)
Casa oferece chope acompanhado por bolinho de barreado (Foto: Divulgação)

Veja a lista completa de empreendimentos participantes:
Armazém 71, Asgard Cervejaria, Bar Cana Benta, Barão Restaurante e Petiscaria, Beto Batata – Park Shopping Barigui, Bier Hoff- Shopping Estação, Boaprosa Botecaria, Café do Monge, Casarão Empório Pub, Cervejaria da Vila, Cervejaria Masmorra, Crazybeer, Fritz Cervejaria Artesanal, Folha Seca, Jokers Pub, Limoeiro Casa de Comidas, Menina Zen, Monde Hop, Muzik Hamburgueria, Na Casa do Ganso, Pfau Cervejaria, Sam’s Burger & Chicken e Tiwanaku Cervejaria.