Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção?

Publicado em

Em busca de deter o avanço da obesidade, que já atinge 53% dos brasileiros, o Ministério da Saúde, fez um anúncio, em junho de 2017, que levantou muitas discussões: um acordo vem sendo estudado para acabar com a oferta de refil de refrigerantes nas redes fast-food.

Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção?
Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção?

Mas não é apenas à obesidade que o consumo de refrigerante pode ser associado. Por ser rica em açúcar, a bebida também aumenta o risco de diabetes tipo 2. As versões light e zero, por sua vez, costumam trazer muito sódio em sua composição, o que prejudica a capacidade de retenção de líquidos pelo organismo. Esses motivos já seriam suficientes para pensar em interromper o consumo, mas ainda vale lembrar do excesso de ácidos, que provoca irritação das mucosas do estômago e pode causar feridas nas paredes estomacais.

A ‘perseguição’ ao refrigerante ganhou mais força no ano passado, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) falou sobre a possibilidade de aumento de impostos sobre bebidas açucaradas. A recomendação, nesse caso, também se estendia aos sucos industrializados, já que a maioria dos oferecidos nos supermercados tem alto teor de corantes artificiais e conservantes químicos. Essas substâncias alergênicas causam um efeito cumulativo no organismo e, como consequência, o fígado e o pâncreas ficam sobrecarregados.

Diante dessas informações, a dúvida que fica é: ainda resta alguma alternativa quando se quer uma bebida prática, saborosa e que ofereça benefícios à saúde? No mercado, os chamados sucos saudáveis vêm ganhando espaço. Mas entre refrigerante ou suco industrializado, qual é a melhor opção?

O aumento da oferta é resultado de mais consumidores buscando atributos como qualidade e purificação do organismo, como explica o sócio-diretor da Juxx, Edson Mazeto.

As pessoas estão cada vez mais preocupadas com o bem-estar e interessadas nas propriedades que as bebidas oferecem. Os néctares e refrescos que infelizmente são maioria nas gôndolas têm pouca concentração de frutas e, portanto, não oferecem os benefícios nutricionais adequados

As bebidas feitas à base de frutas – as funcionais – ainda respondem por uma fatia pequena do mercado, algo em torno de 3%. Mas, segundo estudos da Euromonitor, estão cada vez mais presentes no cardápio dos brasileiros: até 2020, o nicho deve crescer 11,6%.

Quais são os assuntos mais procurados no Google?

Publicado em

O Google, certamente, é a página inicial do seu computador, tablet ou smartphone. Se não é, provavelmente é sua primeira janela para o mundo de informações disponíveis na internet. E há levantamentos que demonstram isso: o Google é a principal fonte de informação e conhecimento para os internautas, colocando de lado os jornais impressos e revistas, conforme a pesquisa sobre hábitos de consumo de 2017 da PayPal, em que foram ouvidos 300 jovens entre 18 e 36 anos de todos os Estados do Brasil. Mas você já se perguntou quais são os assuntos mais procurados no Google?

Google é principal fonte de informação para mais de 60% dos jovens brasileiros entre 18 e 36 anos, segundo pesquisa
Google é principal fonte de informação para mais de 60% dos jovens brasileiros entre 18 e 36 anos, segundo pesquisa

Com dados fornecidos pelo próprio buscador, o Blog do Maurício Araya lista os assuntos mais procurados no Google. Grande parte deles revelam os hábitos de consumo dos internautas.

As informações são referentes ao mês de junho de 2017, com termos mais pesquisados nos Estados Unidos, já que os resultados regionais só são divulgados por ano.

Algumas das categorias, no entanto, foram excluídas da lista por serem muito específicas do país.

Veja, abaixo, os termos mais procurados por segmento:

Alimentos
Properties of water (propriedades da água)
Chicken as food (frango como alimento)
Pizza
Cake (bolo)
Beer (cerveja)

Restaurantes fast-food
Pizza Hut
Domino’s Pizza
McDonald’s
Subway
Taco Bell

Animais
Dog (cão)
Cat (gato)
Horse (cavalo)
Fish (peixe)
Bird (pássaro)

Raças de cão
Labrador Retriever
Siberian Husky (husky siberiano)
Pit Bull
German Shepherd (pastor-alemão)
Chihuahua

Artistas
Beyoncé
Justin Bieber
Tupac Shakur
Rihanna
Drake

Artistas pop adolescentes
Beyoncé
Justin Bieber
Katy Perry
Selena Gomez
Taylor Swift

Automóveis
Ford Mustang
Chevrolet Camaro
Jeep Wrangler
Honda Civic
Honda Accord

Carros esportivos
Ford Mustang
Chevrolet Camaro
Chevrolet Corvette
Dodge Challenger
Dodge Charger (B-body)

Fabricantes de carros
Chevrolet
Toyota
Honda
Mercedes-Benz
Dodge

Cidades
New York City
Chicago
Las Vegas
Los Angeles
Washington, D.C.

Países e regiões
United States (Estados Unidos)
Mexico (México)
India (Índia)
Canada (Canadá)
United Kingdom (Reino Unido)

Empresas de varejo
Amazon.com
Walmart
The Home Depot
Target Corporation
Lowe’s

Marcas de moda
Fashion
Forever 21
H&M
American Eagle Outfitters
Gucci

Cientistas
Albert Einstein
Plato (Platão)
Thomas Jefferson
Stephen Hawking
Benjamin Franklin

Pessoas
Donald Trump
LeBron James
Walt Disney
James Comey
Beyoncé

Políticos
Donald Trump
James Comey
Barack Obama
Steve Scalise
Hillary Clinton

Livros
The Bible (Bíblia)
Thirteen Reasons Why (Os 13 Porquês)
Captain Underpants (Capitão Cueca)
Quran (Alcorão)
American Gods (Deuses Americanos)

Músicas
Happy Birthday to You (Parabéns pra você)
Let It Go
Hallelujah
Over the Rainbow
The Star-Spangled Banner

Filmes
The Mummy (A Múmia)
Moana
Cars 3 (Carros 3)
Beauty and the Beast (A Bela e a Fera)
Transformers

Programas de TV
Television program (programa de televisão)
Orange Is the New Black
Game of Thrones
The Bachelorette
SpongeBob SquarePants (Bob Esponja Calça Quadrada)

Programas de TV infantis
SpongeBob SquarePants (Bob Esponja Calça Quadrada)
Power Rangers
Steven Universe
PAW Patrol
Peppa Pig

Reality shows
The Bachelorette
America’s Got Talent
Big Brother
Bachelor in Paradise
Teen Mom

Jogos
Overwatch
Pokémon Go
Patience (Paciência)
Lego
Ark: Survival Evolved

Tecnologias de software
Android
Python
Java
HTML
JavaScript

Assuntos mais procurados no Google pelos brasileiros

Os dados mais recentes sobre termos mais procurados no Google pelos brasileiros são de 2016. E no topo da lista não poderiam faltar os assuntos que, de fato, marcaram o ano, como a febre do jogo Pokemon Go; os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro; as polêmicas do Big Brother Brasil; o acidente com o time de futebol da Chapecoense; e, como não poderia deixar de faltar, o futebol, com a tabela do Brasileirão.

Dados sobre assuntos mais procurados no Google são divulgados pelo próprio buscador
Dados sobre assuntos mais procurados no Google são divulgados pelo próprio buscador

Entre as personalidades de destaque, estiveram na lista: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; a apresentadora de TV Ana Hickmann; o presidente americano Donald Trump; a também apresentadora de TV Fernanda Gentil; os atores e atrizes Alexandre Borges, Leonardo DiCaprio, Paulo Zulu, Alan Rickman, Guilherme Karan, Camila Pitanga, Larissa Manoela, Monica Iozzi, Munik Nunes e Marion Cotillard.

Entre os filmes mais buscados, estão: Deadpool, Esquadrão Suicida, Batman vs Superman, Invocação do Mal 2 e Procurando Dory.

O que é…? Muita gente foi em busca do significado de algumas gírias e palavras no Google. Entre os termos mais procurados da categoria, estão: crush; amor; substantivo; logradouro; e filosofia.

E muitos brasileiros tentaram entender os porquês de alguns acontecimentos no Brasil e no mundo. No ranking de curiosidades de 2016, muitos brasileiros se perguntaram: por que Geraldo Luiz saiu da Record? Por que o Reino Unido quer sair da União Europeia? Por que Monica Iozzi vai sair do Vídeo Show? Por que o WhatsApp foi bloqueado? E por que o Estado Islâmico ataca a França?