Demanda por voos domésticos cresce 8,3%

Publicado em

Com informações da Abear

A demanda por voos domésticos registrou crescimento de 8,3% em julho de 2015, na comparação anual, influenciada pelas promoções de passagens aéreas e pela base fraca de comparação, por causa da menor movimentação durante a Copa do Mundo, em igual período de 2014. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa as principais companhias aéreas de atuação no Brasil – Avianca, Azul, Gol e TAM.

A oferta de assentos teve alta de 6,1% na mesma base de comparação. Com isso, a taxa média de ocupação dos aviões ficou em 83,4%, um aumento de 1,7 ponto percentual (p.p.).

O principal motor do crescimento, em julho, foram os preços das passagens em queda. Isso empurrou a demanda para cima Maurício Emboaba, consultor técnico da Abear

Ao todo, foram 9,2 milhões de passageiros transportados pelas quatro empresas, o que representa um crescimento de 11,5% na comparação com julho de 2014.

De janeiro a julho, a demanda acumula alta de 4,5%. A oferta de assentos, por sua vez, apresenta crescimento de 3,4% em igual período, com taxa média de aproveitamento dos aviões de 80,5%, um aumento de 0,9 p.p. ante igual período de 2014.