Lençóis Jazz & Blues Festival 2017, em Barreirinhas, já tem data marcada

Publicado em

Em agosto, grandes nomes do jazz, do blues, do choro e de outros gêneros musicais do Brasil e do exterior vão brilhar no palco da 9ª edição do Lençóis Jazz & Blues Festival. Este ano, excepcionalmente, o festival realizará os circuitos Barreirinhas e São Luís em datas diferentes: de 11 a 13 de agosto, a programação do Lençóis Jazz & Blues Festival 2017 ocorre na porta de entrada dos Lençóis Maranhenses, a cidade de Barreirinhas; e, em setembro, em São Luís.

De 11 a 13 de agosto, programação ocorre na porta de entrada dos Lençóis Maranhenses
De 11 a 13 de agosto, programação ocorre na porta de entrada dos Lençóis Maranhenses

O circuito Barreirinhas será realizado às margens do belo Rio Preguiças, na Avenida Beira-Rio. São, ao todo, nove shows e duas oficinas de música, além de uma ampla e diversificada programação paralela.

A novidade de 2017 é a participação da DJ Vanessa Serra. A maranhense promete encantar o público, nos intervalos dos shows, com sequências inusitadas de músicas nacionais e internacionais pontuadas pela bossa nova, jazz e blues em uma discotecagem retrô e 100% analógica.

A expectativa dos organizadores é de receber um grande público, já que em 2016 a plateia bateu recorde, como destaca Tutuca Viana, produtor do evento.

Eu atribuo o sucesso do evento a vários fatores. Entre eles, curadoria primorosa na seleção dos artistas, organização e a gratuidade. E assim, ano a ano, o evento contribui para a democratização do acesso a bens culturais tão importantes

O evento conta com os patrocínios da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) e do Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e apoios culturais do Serviço Social da Indústria (Sesi), Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA), Prefeitura Municipal de Barreirinhas, Viluma Construtora, Tory Brindes, TV Mirante e TV UFMA.

Programação de shows do Lençóis Jazz & Blues Festival 2017

A sequência de shows será a seguinte:

Grupo maranhense Jazzencontros abre programação do festival, na sexta-feira
Grupo maranhense Jazzencontros abre programação do festival, na sexta-feira

11 de agosto (sexta-feira)
20h – Jazzencontros (MA)
21h15 – Roda Gingante: Arismar do Espírito Santo, Bebê Kramer, Gabriel Grossi e Sérgio Coelho (SP)
22h30 – Ama Thomas e trio (Estados Unidos)

Arismar do Espírito Santo é uma das atrações do Lençóis Jazz & Blues Festival 2017
Arismar do Espírito Santo é uma das atrações do Lençóis Jazz & Blues Festival 2017

12 de agosto (sábado)
20h – Mauro Sergio e banda (MA)
21h15 – Zé Renato e Renato Braz (RJ/SP)
22h30 – Annika Chambers (Estados Unidos)

Atrações do Rio de Janeiro, Eduardo Neves e Rogério Caetano são destaque do último dia do festival em Barreirinhas
Atrações do Rio de Janeiro, Eduardo Neves e Rogério Caetano são destaque do último dia do festival em Barreirinhas

13 de agosto (domingo)
20h – Eduardo Neves e Rogério Caetano (RJ)
21h15 – Cristovão Bastos e trio (RJ)
22h30 – Sandra Duailibe e quarteto (MA)

Programação paralela

Este ano, a programação paralela está mais ampla e diversificada. Para valorizar os produtos e a cultura maranhense, serão realizadas a Feirinha Gourmet, com pratos da gastronomia maranhense e outros quitutes; a Feirinha de Artesanato, com produtos regionais, entre outros; e exposições culturais de artistas regionais, durante os dias do festival, a partir das 16h, na Praça do Trabalhador (ao lado do palco do festival).

As oficinas serão realizadas em dois endereços distintos. Na manhã de sexta-feira (11), a americana Alma Thomas ministra a Oficina de Canto, das 10h às 12h, no auditório do Sebrae (Rua Conrado Ataíde, S/N, Centro, Barreirinhas). No sábado (12), será a vez dos músicos Zé Renato e Renato Braz ministrarem a Oficina de Voz e Percussão, das 10h às 12h, no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora da Conceição (Igreja Matriz), na Praça do Coreto, no centro de Barreirinhas.

Os interessados em participar devem comparecer ao local das oficinas com 30 minutos de antecedência para fazer o credenciamento, que dará direito a uma senha de acesso à oficina.

Já para quem gosta de curtir uma madrugada musical, não vão faltar as tradicionais jam sessions, encontros que vão rolar após os shows oficiais do festival no Bar Terraço Gourmet, na praça da Igreja Nossa Senhora da Conceição (Igreja Matriz).

Não dá para perder.

IFMA abre 5,9 mil vagas em processo seletivo

Publicado em

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) divulgou o edital do processo seletivo para ingresso nos cursos técnicos de nível médio em 2017, com 5.980 vagas distribuídas em 24 cidades do Estado.

As inscrições, que custam R$ 20, vão de 6 a 26 de setembro, pela internet; e a prova, com 40 questões de múltipla escolha, sendo 20 de língua portuguesa e 20 de matemática, será realizada em 4 de dezembro.

LEIA A ÍNTEGRA DO EDITAL DO SELETIVO DO IFMA PARA CURSOS TÉCNICOS

As vagas são para as unidades do IFMA na cidades de Açailândia, Alcântara, Barreirinhas, Bacabal, Barra do Corda, Buriticupu, Carolina, Caxias, Codó, Coelho Neto, Grajaú, Pedreiras, Imperatriz, Pinheiro, Santa Inês, Porto Franco, Rosário, São João dos Patos, São José de Ribamar, São Luís, Timon, Viana e Zé Doca. Em São Luís, há vagas em três campi: Centro Histórico, Maracanã e Monte Castelo.

Cursos técnicos IFMA 2017
O IFMA oferece três formas de cursos técnicos: integrada, concomitante e subsequente. Na forma integrada, o aluno cursa o ensino médio junto com uma formação profissional no IFMA. Na forma concomitante, o estudante faz o curso técnico no IFMA e o ensino médio em outra instituição de ensino. Já a forma subsequente é para aqueles que já concluíram ou estão concluindo, em 2016, o ensino médio e pretendem obter uma formação profissional.

Isenção
Caso o candidato pretenda concorrer às vagas com isenção de pagamento da taxa, deverá preencher o formulário eletrônico disponível na página eletrônica do IFMA na internet, no período de 22 de agosto a 2 de setembro; ou de forma presencial nos campi indicados em edital.

Podem requerer a isenção os candidatos que estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for integrante de família de baixa renda.

Sistema de cotas
Em cada curso, 50% das vagas serão destinadas aos candidatos egressos de escola pública. Dessas, metade serão reservadas aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio e a outra metade será reservada aos candidatos com renda familiar bruta superior a um salário mínimo e meio.

O IFMA reserva ainda, em cada curso, 5% das vagas para os candidatos com deficiência.

Lençóis Jazz e Blues Festival

Publicado em

Uma noite memorável: essa é a lembrança do lançamento da 8ª edição do Lençóis Jazz e Blues Festival no palco do Teatro Arthur Azevedo (TAA), em São Luís. Em um dos teatros mais antigos e belos do país, Babi Mendes (SP) e Tássia Campos (SP) cantaram e encantaram o público que ocupou todos os 756 lugares do teatro. E deram o tom da edição de 2016 que vai presentear Barreirinhas e São Luís com o melhor do universo do jazz e do blues, no mês de agosto. O evento realizado pela Tutuca Viana Produções com os patrocínios da Vivo, por meio da plataforma Vivo Transforma, da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) e do Governo do Maranhão por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura vai apresentar 17 shows, além de oficinas, palestras e jams sessions.

Leia também:

Tássia Campos, que se apresentou com o pianista Rui Mário, abriu a noite misturando ritmos brasileiros com sua inspiração em grandes nomes da música mundial. A cantora Billie Holiday, por exemplo, “deu as caras” em vários momentos do show, mas foi com a cantora maranhense, dona de uma voz suave e delicada, que a diva do jazz foi apresentada, com os versos de Speak Low.

Tássia Campos em apresentação no Lençóis Jazz e Blues Festival (Foto: Divulgação)
Tássia Campos em apresentação no Lençóis Jazz e Blues Festival (Foto: Divulgação)

Ela apresentou ainda um show vintage jazz, que impressionou todo o teatro, levando o público para o ritmo musical característico das décadas de 40, 50 e 60. Da inspiração no jazz norte-americano ao ritmo marcante brasileiro, outros grandes momentos foram interpretados no palco, como a versão sublime de Ladeira da Preguiça, de Elis Regina.

Para mim, o mais importante da música é que ela seja acessível e democrática, que ela alcance o maior número de pessoas possível
Tássia Campos

Com a promessa de mostrar ao público de São Luís grandes clássicos do jazz e do blues, Babi Mendes (SP), que se apresentou com o músico Marcelo Carvalho ao piano e na direção musical, o baterista Ronald Nascimento, o guitarra Israel Dantas, o tecladista Renato Serra e o baixista Nema Antunes (que integra a banda do Ivan Lins), garantiu uma noite de nostalgia e de diversas homenagens no palco do TAA.

Babi Mendes em apresentação no Lençóis Jazz e Blues Festival (Foto: Divulgação)
Babi Mendes em apresentação no Lençóis Jazz e Blues Festival (Foto: Divulgação)

A primeira delas veio logo no início da apresentação, com uma versão impressionante de Saint Louis Blues, de Louis Armstrong – que a cantora escolheu para homenagear São Luís (que, em tradução livre de Saint Louis Blues, fica Blues de São Luís). As homenagens a Louis Armstrong não pararam por aí. Babi Mendes provou que sabe montar um bom repertório e agradar ao público, que recebeu com coros e palmas a versão da paulista para a faixa I Gotta Right To Sing The Blues, também de Armstrong.

Acompanhada pelo quinteto de excelente sincronia, Babi Mendes também apresentou canções marcantes do disco autoral Short Stories, lançando no Brasil, Japão, Estados Unidos e Reino Unido, além de clássicos da cantora Billie Holiday.

Foi uma alegria imensa. Foi maravilhoso. Uma experiência muito boa. Esse festival é maravilhoso e importante para as pessoas, para o estado porque já colocou o Maranhão no circuito nacional de jazz e blues
Babi Mendes

Um dos idealizadores do projeto e organizador do festival, Tutuca Viana, revelou que a expectativa é muito boa para edição deste ano.

Estamos com uma equipe muito unida e com patrocinadores satisfeitos. E isso é muito importante. Para esse ano teremos 17 shows, com atrações nacionais e internacionais. Todo mundo quer estar no festival para conferir o melhor da música
Tutuca Viana, idealizador do Lençóis Jazz e Blues Festival

Daniele Castro Jansen, moradora e administradora da organização não governamental Pouso Obras Sociais, comentou sobre a parceria com o festival que doou para a entidade cerca de 300 kg de leite em pó trocados por ingressos para o evento de lançamento.

Para a gente, foi uma honra termos sido escolhidos. Atualmente, o projeto trabalha com mais de 70 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade de bairros da periferia de São Luís
Daniele Castro Jansen, administradora da ONG Pouso Obras Sociais

Circuito Barreirinhas
O festival terá início na cidade balneária de Barreirinhas, porta de entrada dos Lençóis Maranhenses. Lá será realizado na avenida Beira-Rio, nos dias 5, 6 e 7 de agosto. Além dos shows, haverá uma programação paralela com oficinas, palestras e exposições de primeira qualidade.

Em 2016, a grande novidade na programação do circuito Barreirinhas é a integração entre os mundos da música e o da fotografia. A exposição fotográfica “Música no Olhar” será realizada durante todos os dias do festival em Barreirinhas, de 5 a 7 de agosto, na Praça do Trabalhador. Uma realização do Clube de Fotografia Poesia do Olhar que terá a música como inspiração.

E para quem gosta de dar aquela esticadinha, não vão faltar as tradicionais Jams Sessions – encontros musicais que são realizados após os shows oficiais do Lençóis Jazz & Blues Festival. Elas ocorrerão todos os dias do festival em Barreirinhas, no Bar Terraço Gourmet (antigo Deck Bistrô), na praça da Igreja Nossa Senhora da Conceição (Igreja Matriz).

Circuito São Luís
Na capital maranhense, a praça Maria Aragão volta a servir de palco para o festival, recebendo seis grandes atrações, entre os dias 12 e 13 de agosto. Assim como no Circuito Barreirinhas, São Luís também receberá as oficinas, palestras e exposições.

Lençóis Jazz e Blues Festival
O 8º Lençóis Jazz e Blues Festival conta com os patrocínios da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), da Vivo, por meio da Plataforma Vivo Transforma e do governo do Maranhão via Lei Estadual de Incentivo à Cultura e ao Esporte e os apoios culturais das Secretarias de Estado de Turismo e de Cultura do Maranhão, das Prefeituras Municipais de Barreirinhas e de São Luís, Sistema Fiema/Sesi, Sebrae, Tory Brindes, Clara Comunicação, Taguatur, TV Mirante, TV UFMA, Cantinho Doce, Escola Lilah Lisboa, Rota das Trilhas, Foto Clube Poesia no Olhar, além das parcerias das Pousadas Murici, Paraíso dos Lençóis, Solar das Gaivotas, do Riacho, Pousada Paraíso dos Guarás, Pousada do Rio, Pousada Buriti, Pousada Beira Rio, Pousada Lins, do Gran Solare Lençóis Resort e dos restaurantes Terraço Gourmet e Zaitun.

Estima-se que cerca de 56 mil espectadores já tenham participado do Lençóis Jazz e Blues Festival, que ao longo de sua história, criou mais de 150 empregos diretos e indiretos para músicos, cantores, técnicos de luz, de som, produtores, diretores de palco, fotógrafos, jornalistas e oficineiros. A expectativa dos organizadores para 2016 é de que o público do festival seja de cerca de 16 mil pessoas.

Veja a programação completa de shows do Lençóis Jazz e Blues Festival:

5 de agosto (sexta-feira) - Circuito Barreirinhas
6 de agosto (sábado) - Circuito Barreirinhas
7 de agosto (domingo) - Circuito Barreirinhas
11 de agosto (quinta-feira) - Circuito São Luís
12 de agosto (sexta-feira) - Circuito São Luís
13 de agosto (sábado) - Circuito São Luís

Lençóis Jazz e Blues Festival

Publicado em

Ocorre nesta quarta-feira (6) a troca de ingressos para os interessados em prestigiar o evento de lançamento da 8ª edição do Lençóis Jazz e Blues Festival, que ocorre no próximo dia 14 de julho no Teatro Arthur Azevedo, em São Luís (MA). Os ingressos podem ser trocados por um pacote de leite em pó na bilheteria do teatro, localizado na rua do Sol, S/N, Centro, das 14h às 18h. A troca pode ser feita ainda no dia do lançamento.

O evento de lançamento do festival ocorre a partir das 20h, em que as datas dos circuitos Barreirinhas e São Luís serão divulgadas, assim como programação completa do evento, com shows, oficinas de música e de fotografia e as ações paralelas.

Leia também:

A noite de lançamento será embalada pelas cantoras Tássia Campos, do Maranhão – cantora e musicista maranhense que fincou nome na cena artística do Estado a partir da sua relação com a multiplicidade musical efervescente que toca o mundo –; e Babi Mendes, direto de São Paulo – que canta profissionalmente desde 2006 e possui canções autorais em inglês, onde ela explora os universos do jazz, blues e da bossa nova.

Todo o leite arrecadado será doado para a Pouso Obras Sociais, instituição filantrópica que presta assistência social a crianças, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social por meio de programas e ações gratuitas nas áreas de saúde, educação e segurança alimentar, voltados à promoção do desenvolvimento humano e ao combate à pobreza.

Festival
Em 2016, serão 17 shows gratuitos de artistas nacionais e internacionais, entre eles o de Paulinho Moska e do saxofonista francês Baptiste Herbin; seis oficinas; exposições fotográficas; além da palestra ‘Políticas Públicas do Ministério da Cultura’, ministrada por Yuri Sampaio Cartellato Logrado.

O Lençóis Jazz e Blues Festival é patrocinado pela Companhia Energética do Maranhão (Cemar), Telefônica/Vivo e Governo do Maranhão, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e ao Esporte; e conta com o apoio cultural da Ômega Energia, Fiema/Sesi, Sebrae-MA, Tory Brindes, Clara Comunicação, Taguatur, TV Mirante, TV UFMA, Cantinho Doce, Escola Lilah Lisboa, Rota das Trilhas, Foto Clube Poesia no Olhar, além das parcerias das Pousadas Murici, Paraíso dos Lençóis, Solar das Gaivotas, do Riacho, Pousada Paraíso dos Guarás, Pousada do Rio, Pousada Buriti, Pousada Beira Rio, Pousada Lins, Gran Solare Lençóis Resort e restaurantes Terraço Gourmet e Zaitun.

Destino: Lençóis Maranhenses

Publicado em

É um verdadeiro paraíso; um capricho da natureza esculpido pelos fortes ventos característicos do litoral do Estado brasileiro do Maranhão: os Lençóis Maranhenses são um dos principais destinos turísticos da região, que integra a Rota das Emoções – roteiro que inclui, além do Maranhão, destinos dos Estados do Piauí e Ceará –, e são uma boa pedida para as férias do meio de ano.

O parque nacional de preservação ambiental, criado na Década de 80, possui uma área total de 156,5 mil hectares, com paisagens únicas. Do total, 90 mil hectares desse ‘deserto gigante’ são de puras dunas, moldadas pela ação dos ventos; e lagoas, formadas pela água das chuvas do primeiro semestre no Maranhão.

Um dos principais e mais estruturados acessos aos Lençóis Maranhenses é a cidade de Barreirinhas, a 250 km de distância da capital maranhense, São Luís. Para chegar a Barreirinhas, é necessário seguir pela BR-135 até ao município de Bacabeira, a 58 km da capital, e continuar a viagem pela MA-402. Esse roteiro é oferecido por agências de viagem, com pacotes de passeio ‘bate-e-volta’, ou seja, que dura apenas um dia; ou por no mínimo três dias, incluindo hospedagem e passeios. O transporte intermunicipal também é uma alternativa para quem prefere fazer o passeio sem intermédio de agências: do Terminal Rodoviário de São Luís saem, diariamente, ônibus até Barreirinhas.

Rio Preguiças é caracterizado por suas águas escuras
Rio Preguiças é caracterizado por suas águas escuras

Para hospedagem, há opções de apart hotéis, hotéis, pousadas e hostels. Muitos deles estão às margens do rio Preguiças, e depois de um dia inteiro de caminhadas e diversão, tudo que o turista vai querer é um gostoso banho de rio mesmo.

Passeio de lancha é um dos atrativos
Passeio de lancha é um dos atrativos

Para acessar os Lençóis Maranhenses, não há taxa de ingresso; e para chegar ao parque, só com veículo 4×4. São as conhecidas ‘jardineiras’, caminhonetes adaptadas para levar passageiros na carroceria. Após uma rápida travessia de balsa, o caminho é por uma trilha de 12 km numa paisagem de vargem, feito em aproximadamente 25 minutos.

Dentro do parque, o acesso é feito apenas por meio de caminhadas auxiliadas por guias de turismo, e os veículos não entram.

Acesso aos Lençóis Maranhenses é feito com veículos 4x4
Acesso aos Lençóis Maranhenses é feito com veículos 4×4

Ao todo, 15 agências de turismo oferecem pacotes de visita aos Lençóis Maranhenses. Ao comparar os valores desses pacotes, o visitante, no entanto, deve evitar aquelas que oferecem os preços abaixo do mercado, porque geralmente utilizam carros mais antigos ou sem manutenção, o que pode estragar o passeio.

Para consultar empresas e profissionais habilitados para operar na área de turismo, os visitantes devem, também, acessar o Cadastur.

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

De maio a setembro, os turistas podem contemplar dunas e banhar nas lagoas formadas pelas chuvas do período e elevação dos lençóis freáticos. Na estação de seca do Maranhão – no segundo semestre –, elas ficam muito baixas, o que prejudica o banho. Por isso, antes de viajar, o turista precisa planejar bem o roteiro e com certa antecedência, inclusive para conseguir bons descontos – seja em alta ou baixa temporada.

Lençóis Maranhenses
Lençóis Maranhenses

E para quem visita Barreirinhas, uma parada obrigatória é o Farol de Preguiças ou Farol de Mandacaru, estrutura localizada no povoado de Mandacaru. Para chegar ao local, o melhor acesso é pelo rio Preguiças, por meio de lanchas conhecidas como ‘voadeiras’. Após subir os 160 degraus, o visitante tem uma incrível vista da foz do rio Preguiças.

Vista do Farol de Mandacaru, em Barreirinhas
Vista do Farol de Mandacaru, em Barreirinhas

Com as ‘voadeiras’ também se chega ao povoado Vassouras, no local conhecido como Ilha dos Macacos, onde é possível observar e interagir com vários os pequenos macaco-prego; além da comunidade de Tapuio, onde se localiza a Casa de Farinha, compartilhada por cerca de 200 famílias e onde o visitante conhece e vive a experiência de todas as etapas de produção da famosa farinha-d’água.

Pôr do sol em Barreirinhas, no Maranhão
Pôr do sol em Barreirinhas, no Maranhão

Na Beira-Rio e Praça da Matriz, Centro de Barreirinhas, pode-se encontrar restaurantes que oferecem pratos típicos do Maranhão. Entre as opções, estão pratos inspirados na Rota das Emoções, como arroz de cuxá com mariscos, abacaxi recheado com camarão, pirão, farofa de cuscuz e carne de sol ao molho de queijo coalho.

Turismo Social abre inscrições

Publicado em

Principal operador de turismo social do Brasil, o Serviço Social do Comércio (Sesc) atua com a missão de favorecer a inclusão de pessoas de baixa renda ao movimento turístico e está com inscrições abertas para viagens para Morros (MA), Barreirinhas (MA) e São Paulo, para os meses de abril e maio de 2016.

Podem se inscrever comerciários e seus dependentes, conveniados e pessoas da comunidade. Os valores de pacotes variam por categoria. As inscrições devem ser realizadas presencialmente na sede do Turismo Social do Sesc-MA, no Hotel Sesc – rua São Carlos, S/N, Jardim Olho-d’Água (São Luís-MA).

Destinos
Localizada a 101 km de São Luís, Morros é um município que atrai pela tranquilidade dos banhos no Rio Una. Outros atrativos são a Cachoeira do Arruda e as belíssimas pousadas que oferecem agradável estadia para os visitantes. O passeio do próximo dia 9 de abril reúne todos esses atrativos num pacote composto de transporte em micro-ônibus padrão turístico; acompanhamento de pessoal do Turismo Social do Sesc; acompanhamento de guia de turismo; entrada na Pousada Pedra Grande para almoço, além de água mineral e seguro turístico.

No feriado de Tiradentes, de 21 a 24 de abril, o Sesc-MA realiza a excursão até os Lençóis Maranhenses e Atins, uma vila de pescadores que é a entrada leste para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, banhada tanto pelo Oceano Atlântico quanto pelo Rio Preguiças. A excursão dá direito a hospedagem com café da manhã em apartamentos duplos em Barreirinhas (MA); todos os passeios apresentados na programação; acompanhamento de guia; seguro de viagem e água durante a viagem.

Maurício Araya
Lençóis Maranhenses

Já a porta de entrada para o badalado Litoral Norte de São Paulo, Bertioga reúne atividade e programas para turistas de variados estilos, em especial para aqueles que viajam com a família, isso torna o destino um dos mais visitados no litoral paulista. Em maio, o Sesc-MA promove a excursão São Paulo e Bertioga, pacote que reúne além da cidade de Bertioga, a capital paulistana e a o município de Santos. O pacote inclui transporte aéreo de ida e volta, transporte terrestre para percurso no Estado de São Paulo; hospedagem em apartamentos duplos e triplos; guias locais e guia acompanhante do Sesc; ‘city tour’ em Santos e em São Paulo; passeio de bonde turístico em Santos e pelo Parque dos Tupiniquins, além de refeições, seguro turístico e kit viagem.

Outras informações pelos telefones (98) 3248-8302 e (98) 3248-8305 ou ainda pelo e-mail turismo_social_2012@hotmail.com.