TV por assinatura registra queda de 337,7 mil usuários em 12 meses

Booking.com

O setor de TV por assinatura no Brasil registrou, em 12 meses, queda de 337,70 mil assinantes, variação negativa de 1,78%. Os dados são referentes a março de 2016 e março de 2017, e foram divulgados esta semana pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Em março de 2017, a base de assinantes chegou a 18,61 milhões, 9,98 mil assinantes a menos em comparação com fevereiro de 2017, queda de 0,05%.

Na contramão da crise, Piauí, Maranhão e Pará lideraram crescimento do setor de TV por assinatura em 12 meses
Na contramão da crise, Piauí, Maranhão e Pará lideraram crescimento do setor de TV por assinatura em 12 meses

Entre os Estados brasileiros, Pernambuco foi o que liderou a redução percentual de assinantes em 12 meses, com 7,42% a menos; seguido de Goiás (-6,18%) e Rondônia (-5,4%).

Entre os Estados que lideraram o crescimento da TV por assinatura em 12 meses, estão o Piauí, com 9,13% de assinantes a mais; Maranhão, com 6,62% – onde a base de assinantes subiu de 162,13 mil para 172,86 mil –; e Pará (3,31%).

Entre fevereiro e março de 2017, Rio Grande do Norte liderou a redução percentual nos números de usuários de TV por assinatura (-5,71%); seguido por Sergipe, com redução de 2,55%; e Tocantins (-1,42%).

Jornalista graduado (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 Maranhão; e vencedor de duas etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo, categoria Webjornalismo

Visualizar publicações