TV por assinatura registra queda de 105,42 mil assinantes em todo o Brasil

O mercado de TV por assinatura sentiu o peso da crise econômica no Brasil e registrou queda de 105,42 mil assinantes em todo o Brasil, entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017. Os números são da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

No período, somente dois grupos econômicos apresentaram crescimento na base de assinantes. Todos os outros registraram queda. Entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017, os grupos que trabalham com fibra ótica foram os únicos que registraram crescimento de 0,22%. Em 12 meses, a tecnologia teve alta de 27,35%, com 47,59 mil novos assinantes.

Também entre dezembro e janeiro, o Ceará liderou a redução percentual nos números de usuários de TV por assinatura, com 1,73% de assinantes a menos, seguido pelo Amazonas (-1,62%) e Amapá (-1,54%).

Piauí e Maranhão registraram alta, de 0,19% e 0,06% respectivamente.

Em 12 meses, TV por assinatura perdeu 364,45 mil usuários

Em 12 meses, a base de assinantes em todo o país caiu de 19,05 milhões para 18,69 milhões, 364,45 mil assinantes a menos, diminuição correspondente a 1,91%.

No período, Pernambuco liderou a redução percentual de assinantes em todo o país, com 8,02% de usuários a menos, seguido de Rondônia (-7,98%) e Amapá (-7,58%).

Lideram o crescimento da TV por assinatura em todo o país Piauí, com 7,47%; Sergipe, com 4,26%; e Maranhão, com 4,08% de novos assinantes.

Acompanhe as atualizações de conteúdo na página do Blog do Maurício Araya no FacebookCurta e compartilhe
+