Arianespace lança satélite que beneficia o Brasil

Informatica 468x60

Nessa semana, o consórcio europeu Arianespace lançou com sucesso, da Guiana Francesa, mais um foguete Ariane 5, colocando simultaneamente em órbita dois satélites de telecomunicações: Eutelsat 8 West B e o Intelsat 34 – esse segundo que beneficia o Brasil.

Construído pela Thales Alenia Space, o Eutelsat 8 West B vai oferecer serviços de telecomunicações e de televisão em alta (HDTV) e ultra definição (UHDTV) na África, Oriente Médio e América do Sul. Já o Intelsat 34, construído pela Space Systems Loral (SSL) fornece soluções de conexão para meios de comunicação, nas áreas de internet banda larga e telefonia móvel, além de abrigar uma plataforma brasileira de televisão por assinatura (difusão direta).


Continua após a publicidade

Cadastre-se na Newsletter

Assista ao lançamento:

Arianespace
Lançamento do Ariane 5, na Guiana Francesa

O sucesso do lançamento de um satélite a ser utilizado pela iniciativa privada reacende a pergunta: ‘por que não no Brasil’? Com atrasos no cronograma, o lançamento do Veículo Lançador de Satélites (VLS), com tecnologia nacional, previsto para ocorrer em 2014, está sem data para ocorrer.


Continua após a publicidade


No mês de julho, um comunicado enviado pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, ao embaixador ucraniano Rostyslav Tronenko formalizou a quebra do tratado que deu origem à empresa binacional Alcantara Cyclone Space (ACS) no Maranhão, dando fim a outra oportunidade de lançamento em território brasileiro de um foguete modelo Cyclone 4 – de transporte de satélites de órbita baixa.

Floral 468 x 60

Jornalista graduado (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 Maranhão; e vencedor de duas etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo, categoria Webjornalismo

Visualizar publicações