quinta-feira, outubro 19, 2017
Início > Atualidades > Fim do mundo em 2015? Nasa desmente

Fim do mundo em 2015? Nasa desmente

“Uma nova ameaça espacial está próxima de acabar com o mundo no mês de setembro”: é o que assegura o vidente porto-riquenho Efraín Rodríguez, que tem causado pânico na internet. Segundo ele, um asteroide gigante vai se chocar com a Terra entre 22 e 28 de setembro de 2015. A localização do impacto, ele diz, seria a América Latina.

A falsa informação, disseminada pelas redes sociais, levou à Nasa, a agência espacial americana, emitir um comunicado. “A Nasa não conhece qualquer asteroide ou cometa que, atualmente, esteja em curso de se chocar com a Terra”, explica o comunicado publicado no The Daily Mail. “Até onde sabemos, não é provável que qualquer objeto se choque com a Terra nos próximos anos”, completa.

Uma página eletrônica do Near-Earth Object Program (NEO), do Jet Propulsion Laboratory (JPL), ligado à agência espacial, mostra informações fornecidas para apoiar um exercício de resposta de emergência realizada durante a Conferência de Defesa Planetária da Academia Internacional de Astronáutica (IAA), realizado na Itália, no mês de abril. O conteúdo, no entanto, vem com um alerta: “esta página não descreve um verdadeiro potencial impacto de asteroides”.

De concreto, o mês de setembro vai ser marcado por dois fenômenos: um eclipse parcial do Sol, no dia 13, e um eclipse total da Lua, no dia 28 – que poderá ser observado no Brasil, sobretudo em cidades da região norte do país (Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte).

Gostou do conteúdo? Então, deixe seu comentário; ele é muito importante para mim. Envie sua sugestão de novos assuntos pelo Messenger. Curta e siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter e Instagram; e inscreva-se no canal no YouTube.


00000000000000
Maurício Araya
Jornalista graduado (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 Maranhão; e vencedor de duas etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo, categoria Webjornalismo
http://www.mauricioaraya.com.br